quarta-feira, 6 de junho de 2007

A arte de Pinball Fantasies




Pinball Fantasies é um jogo de simulação de mesa de pinball desenvolvido originalmente para a linha de computadores Amiga pela produtora sueca Digital Illusions, em 1992. Pinball Fantasies, uma seqüência do Pinball Dreams, teve versões feitas para, por exemplo, Super Nintendo e IBM PC e é considerado um dos maiores clássicos do gênero.

PF é apresentado em quatro mesas temáticas de layouts dinâmicos (veja imagens estruturais a seguir), com as principais funcionalidades das mesas de pinball convencionais, tornando a experiência de jogo tão divertida quanto convidativa ao retorno, em busca da desafiadora superação dos pontos, característica evidente pela simplicidade do gameplay.

Para avançar consideravelmente no desenvolvimento do jogo, deve-se procurar entender a mecânica de cada combo, ou seja, da seqüência de ações (como loops consecutivos, por exemplo). É nessa experiência – a da execução das combinações especiais que cada mesa proporciona – que se encontra o maior interesse em evoluir no jogo, não só pela pontuação ou benefícios como extra ball, mas pela descoberta de novos eventos.

Design

Nesse aspecto da jogabilidade, é essencial o cuidado com o design de cada mesa. Está no desenho estrutural das mesas, na composição dos seus elementos funcionais, o grau de interesse e manutenção da atenção do jogador nos jogos de pinball. As mesas de PF são construídas com várias possibilidades de roteiros nas trajetórias, buscando fornecer as dinâmicas que permitem a variedade de combos.

Abaixo, o layout estrutural de cada uma das quatro mesas. Os traços indicam as pistas das possíveis trajetórias; as setas indicam as possibilidades de sentidos ou saída de dutos superiores; em vermelho são os elementos de pontuação, em laranja as bases triangulares (slingshots) e elementos circulares avulsos que impulsionam a bola; em azul os flippers, controlados pelo jogador e à direita embaixo, a bola em cinza sobre o lançador.


Party Land: uma mesa de velocidade, com um terceiro flipper em cima, do lado esquerdo, funcionando como interceptador de bolas rápidas, que vêm do loop, e que é responsável por alguns combos. Há vários percursos na parte superior que se sobrepõem entre si.


Speed Devils: diferente da mesa anterior e também o que sugere seu tema, esta é uma mesa mais lenta e de passagens alongadas de bola. Concentra importante ponto de atenção na parte superior direita, onde encontramos um terceiro flipper, que controla as evoluções das três passagens, da posição "pit-stop" e também liga com outro combo, jogando a bola para a esquerda, dando seqüência à construção da pontuação. Possui um longo percurso elevado para loop.


Billion Dollar Gameshow: a mesa com maior complexidade de trajetos na parte superior. Percursos com entradas próximas umas das outras, tornam esta uma mesa de habilidade e precisão. Como as duas anteriores, também dispõe de um terceiro flipper, na parte superior direita, que articulará combos e loops.


Stones n' Bones: a única mesa sem um terceiro flipper oferece, em contrapartida, a maior variedade de possibilidade de trajetos, estratégias e combos. Possui, na parte superior, à direita e à esquerda, dois elementos-chave para avanço dos "eventos", cada um de 3 portas de ativações (veja "KEY" e "RIP"). Além de outras opções, a famosa torre (Tower) é centro de acúmulo de funções e o já conhecido percurso para loop.

Temáticas

Conforme já adiantado acima, nas breves descrições dos design dos layouts das mesas, e, sendo recorrente e tradicional que cada pinball tenha um tema bem específico, aqui não seria diferente.

Party Land trata-se de um parque de diversões, figurando vários itens clássicos como o palhaço, tiro aos patos, guloseimas, montanha-russa e muito pisca-pisca. A cor predominante é o quente do vermelho, amenizado com uso de verdes, azuis e outras cores dessaturadas, porém sem perder contraste no resultado. A música é muito divertida e já inicia com aquele órgão tradicional de fundo dos brinquedos nos parques. As vozes completam esse clima de animação. Mas é uma mesa rápida e difícil, ao contrário do que possa parecer essa temática leve e convidativa.

Speed Devils baseia-se no tema automobilístico. Mais maduro, seu visual já é mais frio, com misturas de tons de verde, roxo e amarelos, com menos contrastes. Assim como na música, que é animada, mas menos enfática. Efeitos sonoros se aproveitam de ruídos do tema adotado (como som da partida do motor ou derrapada, por exemplo) e não usa vozes. A maior pontuação avança os leds das marchas ou de um velocímetro.

Billion Dollar Gameshow é o famoso Roletrando, na versão nacional de jogos com apresentador carismático e auditório animado para TV, nas manhãs de domingo. Todos os elementos visuais lembram dinheiro e prêmios, com direito ao próprio apresentador sorridente ao centro, com duas de suas "belas" assistentes ao lado. A música é moderada e os efeitos são em menor número, tendo o autor preferido uma variação na melodia pra indicar novos eventos do que sons explícitos.

Stones n' Bones já usa a temática do terror. As figuras presentes são ícones clássicos: morcego, múmia, fantasma sem perna, a "Morte" encapuzada com foice, caveiras, a grande "torre", enfim. A paleta de cores, nesta mesa, é mais densa e sombria; usa marrons, variações de lilás, azuis marinhos e tons de cinza. A música que é tema principal, é envolvente e bem marcada, faz a melodia à base de pipe organ, usado em vários outros momentos também. Efeitos sonoros usam vento uivando, sinos e strings e volta a usar vozes e risadas sinistras para marcar os eventos no jogo.

Som

A tecnologia do som de Pinball Fantasies utiliza originalmente arquivos MOD (module), o formato nativo das músicas do computador Amiga. Este tipo de música digital se baseia em um banco de samplers, que é armazenados dentro do próprio e único arquivo, junto com a música em forma codificada, como se fosse uma "partitura" (similar a um arquivo MIDI). Embora este formato tenha grande limitação em termos de quantidade de canais – são apenas quatro, dois para a saída esquerda e dois para a direita –, ele produz resultados de impacto, muito marcantes e realistas até, dependendo, claro, da qualidade da sua base de sons (samplers), que precisavam ser, todos, realmente muito econômicos.

É interessante citar um recurso de multi-track, ou seja, um único arquivo MOD, além de armazenar os samplers, contém também todas as músicas, vinhetas, loops e efeitos especiais de uma mesa, em seqüência. Assim, basta o software mudar a posição de leitura de cada "momento", de acordo com o evento disparado. Veja abaixo a lista de músicas da trilha original, com cada faixa apresentando o número aproximado de sub-faixas (entre parênteses).

A trilha sonora é muito limpa, contrastante, marcada e em geral muito melodiosa. Talvez seja uma característica das músicas para Amiga, devido à limitação de memória, que cada canal, cada instrumento, seja muito bem pensado e tenha função bem definida, eliminando os excessos. Alguns samplers acabam sendo um tanto ruidosos ou sintéticos demais, como já foi dito, provavelmente por limitações técnicas. Independente disso, a música em PF é um trabalho excepcional e pode manter envolvido o jogador por muito tempo à mesa.

1. Title / 4' 53" (3 partes)
2. Party Land / 4' 13" (13 partes)
3. Speed Devils / 5' 31" (11 partes)
4. Billion Dollar Gameshow / 4' 28" (10 partes)
5. Stones n' Bones / 6' 51" (13 partes)
6. Return to Menu / 1' 16" (1 parte)

Créditos

Versão original para Amiga:

Por Digital Illusions:

  • Andreas Axelsson
  • Markus Nystrom
  • Olof Gustavsson
  • Ulf Mandorff
  • Fredrik Liliegren

Veja também:
Dice – Digital Illusions Creative Entertainment

Fonte:
Wikipédia

7 comentários:

Lucas Haeser disse...

Bela análise! Mais completa impossível. Me deu uma vontade de jogar um bom e velho pinball...

Alexo disse...

Felipe Sanches está construindo uma mesa Party Land. As fotos:

http://www.flickr.com/photos/felipesanches/sets/72157594271342944/

muriloq disse...

Excepcional a sua análise. Sempre fico particularmente satisfeito com a sua linguagem; é bom ver jogos eletrônicos sendo tratados em bom português, sem menosprezar o intelecto de quem se interessa pelo assunto. :-)

cyberkao disse...

Fala, Alexo.
Vi no seu perfil que você curte game musics.
Acho que vou chover no molhado, mas dá uma olhadinha neste site:
http://www.ocremix.org/
Tem uma parte de remixes com alguns sons muito legais e que podem te interessar!!!
Ah! E obrigado pela visita ao meu blog!!!
Tô começando agora e estou muito empolgado!
Abraço!

Renato disse...

Como faço para baixar e jogar pinball fantasies no windows xp..
se puderem me ajudar agradeço muuito
obrigado..

Anônimo disse...

Tente emulado. Sugiro o DosBox!

becao disse...

Me ajudem!!! Como faço para baixar e jogar pinball fantasies no windows xp..?????
se puderem me ajudar agradeço muuito
obrigado..

Início | Blog | Glossário | Fotografia virtual | Site
Feed: Postagens | Comentários
| Glossário | Fotos | ?
Verbetes indicados com † estão incluídos em nosso glossário