sábado, 30 de julho de 2011

"Other Reflections", releitura de tema de Mass Effect 2

O vídeo acima foi postado pelo nosso colega de grupo Benzaiten – o André Luiz Oliveira (8 Bit Instrumental) – em sua primeira experiência individual no formato "execução multicanal". Trata-se de uma releitura de quatro minutos para violões e percussão de "Reflections" (Jack Wall), faixa que encerra o álbum duplo da trilha sonora original† de Mass Effect 2 (Bioware, Electronic Arts, 2010).

O remix desenvolveu um crescendo interessante e um tom mais orgânico e intimista, diferentemente da versão original que tem pouco mais de 1', traz um clima espacial-sintética e executa a melodia e baixo em teclado e cordas.

Abaixo o André nos conta um pouco sobre como foi criar a versão.

André Luiz Oliveira – A ideia do arranjo da música veio de uma amiga, Estela, que sugeriu algum tema do Mass Effect. Então ouvi a música "Reflections" e achei que soaria bem nos violões. Na mesma noite gravei um arranjo sem alterar a estrutura original. Já cheguei a fazer alguns arranjos pra temas que não cheguei a finalizar, mas sempre tive esse interesse em gravar algum vídeo pra disponibilizar na Internet. Como não tinha uma câmera que desse uma qualidade interessante, nunca cheguei a fazer.

No dia seguinte resolvi fazer um vídeo desse arranjo com a ajuda do meu irmão, Luciano, que fez a captura das imagens. Modifiquei o tema original repetindo algumas partes e acrescentando um improviso com uma harmonia diferente. A primeira ideia era fazer cinco vídeos em um, mas por ser o primeiro tivemos mais trabalho do que o previsto. Por fim fechamos com três partes: um com o violão fazendo a harmonia, outro fazendo a melodia e um terceiro com a percussão. No áudio dá pra perceber uma percussão adicional que fiz no próprio violão (batendo de forma percussiva) e uma melodia que entra em alguns trechos.

O áudio foi captado com um microfone que passou por um programa de edição de áudio. O passo seguinte foi fazer a sincronização entre áudio e imagem em um editor de vídeo. Por ter feito três filmagens, completei o espaço restante da tela com imagens do jogo, pra contextualizar mais quem assiste.

Essa proposta de fazer vídeos caseiros na maneira "faça você mesmo" é muito comum pelo fato de ser algo rápido, mas depende sim de um equipamento que dê um resultado final interessante. Minha intenção agora é tornar mais rápida e prática a produção pra poder gravar outros temas e disponibilizar para o pessoal.

4 comentários:

Alexo Maravalhas disse...

André, essa percussão foi modificada pra ficar tão grave ou é o som natural mesmo?

André Luiz Oliveira disse...

O timbre do surdo (um surdo de bateria mesmo) não foi modificado no programa de edição. Lá só equalizei as frequências e coloquei algum efeito de ambiência.
O que fiz foi afinar bem grave, soltando bem os parafusos que prendem a pele.
Junto com ele tem um som grave (porém mais agudo do que o do surdo) que fiz batendo o polegar no cavalete do violão, mas como comentei, foi um dos vídeos que não gravei pra não atrasar o processo.
O som agudo da percussão é de tapas com as pontas dos dedos sobre as cordas sobre o braço do violão já perto do tampo e no próprio tampo do instrumento.
Acho que ia ficar mais interessante ainda o vídeo da percussão no violão, mas iria atrasar mais e a ideia desses vídeos é serem feitos de forma mais rápida.

André Luiz Oliveira disse...

Ahh. Outra diferença foi usar uma baqueta com feltro na ponta (timbre mais aveludado) para trechos mais sóbrios e depois a ponta só de madeira (timbre mais agressivo) para as partes mais fortes.

Alexo Maravalhas disse...

Ah, interessante. É, realmente o efeito de ambiência dá pra notar. Imaginei que, com ele, você tivesse feito algum ajuste, porque ele é bastante grave! A ponta com felto também reforça essa sensação de som mais abafado. Legal saber um pouco desses detalhes! Valeu.

Início | Blog | Glossário | Fotografia virtual | Site
Feed: Postagens | Comentários
| Glossário | Fotos | ?
Verbetes indicados com † estão incluídos em nosso glossário