quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Wonderputt: o jogo casual dos sonhos

Criado por Reece Milidge e áudio por Dan Milidge para a Damp Gnat, empresa de animação e artes interativas, o Wonderputt é exemplo de arte, design, criatividade e animação da melhor qualidade em um belíssimo jogo web casual.

A jogabilidade de Wonderputt mistura um pouco de golfe, bilhar e marble maze. Sofisticação à parte, me lembra uma brincadeira de infância onde a gurizada da rua criava um circuito na areia para uma corrida de tampinhas de garrafa (ou bolas de gude para um nível mais difícil), com direito a um toque por jogador. (As partidas eram executadas no monte de areia do vizinho com a casa em reforma mais próxima!) Valiam rampas, túneis, buracos, obstáculos, enfim, o que dispunhamos no ato.

Wonderputt tem muito desse tom lúdico, com situações engraçadas, surreais e um visual psicolélico. O acabamento é excelente. As animações são de encher os olhos – harmoniosas e detalhadas – ajudam a conduzir o andamento de um "buraco" para o outro. O som é bem agradável, contínuo e relaxante, com efeitos especiais bem tratados e coerentes, misturando elementos orgânicos e eletrônicos no mesmo cenário.

A mecânica é simples: em uma vista isométrica, conduza a bolinha pelo percurso, completando 18 buracos, fazendo tacadas no ângulo e força certa para cada situação. O tempo também conta. Ao final de cada partida, uma página demonstra via infográfico seus resultados.

Pontos negativos? Alguns elementos a mais de pontuação são adicionados conforme você joga novas partidas, mas o fator de rejogo não é muito convidativo. Embora o cenário sofra algumas alterações estruturais, o jogo poderia conter mais momentos aleatórios, possibilidades menos roteirizadas para tornar a experiência mais dinâmica.

Você pode jogar Wonderputt diretamente na página dos criadores neste link: www.dampgnat.com/wonderputt. Por permitir que você jogue em tela cheia – inclusive aumentando a imersão aperando F11 (fullscreen) do seu navegador – sugiro como alternativa este link. Também é uma boa opção jogar via Kongregate, onde o sistema mantém sua pontuação, conquistas etc.

Mais informações sobre o desenvolvimento do jogo no diário www.dampgnat.com/wonderputtwip. Ah, experimente também o "advergame" Adverputt.

2 comentários:

André Luiz Oliveira disse...

Gostei bastante do jogo também. Principalmente do quanto é detalhista. Um jogo bonito de se ver mesmo. Mas é o lance do jogo casual... Vi, admirei, joguei algumas vezes, e beleza. Mas pensando bem. Isso acontece também com jogos "não casuais" que jogamos até finalizar e depois nem olhamos pra eles de novo. A obra de arte como produto tem dessas características, né...

Alexo Maravalhas disse...

Então, você chegou a ver o portfólio da Damp Gnat? Trabalhos fantásticos. Eles tem um demo reel aqui: http://www.dampgnat.com/index.php?option=com_content&view=article&id=49&Itemid=44

Apesar do acabamento perfeito, talvez os seus jogos tenha mais uma característica de arte do que realmente recursos de jogabilidade. Eu só consegui jogar umas três ou quatro vezes em sequencia, não mais que isso.

Enfim, esse é apenas um jogo casual, mas com o belo visual de alguns jogos casuais que entram no mercado comercial (Braid, Bastion etc.), quem sabe...

Início | Blog | Glossário | Fotografia virtual | Site
Feed: Postagens | Comentários
| Glossário | Fotos | ?
Verbetes indicados com † estão incluídos em nosso glossário